RESUMO O MONGE E O EXECUTIVO PDF

Chegou ao lugar certo! Confira abaixo o resumo completo do livro, direto do nosso app, o 12min! James C. Hunter o convida para adentrar em um mundo repleto de escolhas.

Author:Zuran Sarr
Country:Burundi
Language:English (Spanish)
Genre:Automotive
Published (Last):8 September 2004
Pages:90
PDF File Size:4.84 Mb
ePub File Size:8.70 Mb
ISBN:223-3-69109-627-7
Downloads:10395
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Zule



Ele tenta deixar bem claro que estava vivendo um momento insustentvel tanto em sua vida profissional, quanto pessoal e o caminho que escolheu era sua esperana de mudana.

Ele segue narrando fatos que aconteceram durante sua vida at o momento, e, que misteriosamente se conectavam, explica como marcante a presena do nome Simeo em sua trajetria, o que justifica no fim do prlogo com a possibilidade de encontrar algum com esse nome. Aparentemente ele acredita que esse homem a resposta para suas questes, ou pelo menos algum que o ajudar a encontrar seu caminho.

Ele descreve sua vida dando nfase no seu sucesso profissional, tem ntido orgulho de ter chegado aonde chegou e mais ainda da maneira que chegou. Apresenta afeio pela sua famlia e extremo zelo com o bem estar dos mesmos. Fala de cada um com muito carinho, mas com muito pesar pela m relao que tem mantido com os mesmos.

Na verdade ele parece no perceber, mas nos transmite que, no est tendo boa relao em diferentes seguimentos da sua vida, talvez em tudo o que est ligado a relaes humanas no est indo bem pra ele. E quando ele, decidido a encontrar soluo, aceita buscar auxlio espiritual, mesmo sendo um pouco ctico. Decidido a mudar e com medo de perder as pessoas a quem ama, ele aceita fazer um retiro espiritual em um mosteiro de frades beneditinos. Aonde para seu espanto ter a chance de conhecer um homem chamado Simeo.

Captulo um Neste captulo o homem que se chama John Daily, comea a nos relatar suas primeiras impresses do retiro. Fala sobre o alojamento, sobre como se dividem as atividades dirias e seu colega de quarto.

Ele que na primeira cerimnia religiosa, foi meio que por se sentir constrangido em faltar, passa a sentir o benefcio que esse momento de reflexo lhe traz e o que era antes quase uma obrigao, passa a ser algo necessrio, e que ele at sente falta. Conhece finalmente Simeo, que ningum menos que o lendrio Len Hoffman, ex-executivo de grandes empresas americanas e homem que sumiu misteriosamente no auge de sua brilhante carreira.

Daily pesquisa e relata a trajetria de sucesso de Hoffman. Simeo justamente o frade responsvel pelo curso de liderana que ministrado diariamente para ele e mais cinco pessoas que tambm esto fazendo o retiro. Todos eles ocupam cargos de chefia. So eles: O pastor Lee, colega de quarto de John; Greg, sargento do exrcito; Teresa, de origem hispnica e diretora de uma escola pblica; Chris, uma mulher negra, alta e atraente, treinadora de um time de basquete da Universidade Estadual de Michigan e uma mulher chamada Kim, enfermeira-chefe do Hospital Providence.

Durante a primeira aula do curso, Simeo procura deix-los bem vontade e incentiva-os a participarem ativamente da aula. Aborda profundamente o tema que difere poder de autoridade. O que aparentemente leva John a refletir sobre a origem dos problemas que o levaram a optar por fazer esse retiro. Os temas so trabalhados com muito debate, Simeo se baseia em teorias com as de Weber e usa exemplos do dia a dia, todos participam ativamente. John se sente deprimido e exausto noite ao se deitar.

Captulo 2 John havia pedido a Simeo para se encontrarem casualmente com o intuito de conversarem, o pedido foi aceito e marcado para as 5hs da manh, antecedendo a primeira cerimnia do dia. Nesse primeiro encontro, que John compareceu mesmo estando com vontade de dormir um pouco mais, Simeo aponta um defeito que John nunca se dera conta de possuir. A pouca habilidade de ouvir.

E imediatamente John se lembra de situaes em que isso foi um problema, tanto em casa, quanto no trabalho. Ainda nesse encontro Simeo pede e John faz um resumo de sua jornada e sobre as recorrentes vezes que o nome Simeo aparece na sua vida. O monge o ouve atentamente e, interessado, se pe disposio do executivo. Esse que j comea a se dar conta do conflito interno em que se encontra, afirma que precisa muita da ajuda do monge.

No fim, John diz que e est se dando conta do quanto estava errado e Simeo o anima dizendo que est no lugar certo para se recuperar e corrigir. No segundo dia de curso eles comeam falando sobre paradigmas, e a necessidade de super-los no mundo atual. Debatem bastante sobre o tema e discorrem sobre as necessidades e vontades. Abordam o 0modelo de administrao piramidal e como ele fez sucesso no passado, mas hoje estaria um fadado ao fracasso, ainda que recorrentemente usado por algumas organizaes como o militarismo.

Permanecem degustando esse assunto, e temas como a pirmide das necessidades de Maslow at o fim da aula. Captulo 3 O captulo se inicia com o segundo encontro privado entre o monge e o executivo. John, respondendo pergunta do outro, diz que est aprendendo muito nas aulas, mas salienta sua averso ao comportamento negativo de Greg, o sargento. Explicita sua insatisfao e chega a sugerir que o monge o censure de algum modo, at mesmo retirando-o da aula.

John com sua maneira, peculiar e usando exemplo de sua vida, mostra John a importncia da opinio contrria e de como devemos considerar diferentes vises da situao. John descobre que seu pedido para tomar o caf da manh na companhia do monge foi negado, e estranha que um pessoa to sbia e com toda quela histria de vida pudesse est sob as ordens de uma pessoa to idosa quanto o reitor.

Mas o monge o faz entender a importncia da obedincia para o seu crescimento pessoal. Ao iniciarem a aula, eles levantam a questo que fora debatida no jantar da noite anterior, sobre quem seria o maior lder de todos os tempos. Simeo responde de imediato e sem titubear: - Jesus Cristo. Ento aula segue com esse debate, onde cada um da sua opinio concordando ou discordando e o assunto se estende novamente para a os princpios de liderana e autoridade. So dados exemplos de lideres pacifistas que fizeram a diferena durante a histria, so citados nomes como Ghandi, Martin Luther King Jr.

Debatem sobre como essas pessoas conseguiram mudar a histria com o modelo de liderana servindo. No final entendem que a liderana deve ser baseada na influncia e na autoridade.

A autoridade sempre se estabelece ao servir os outros e sacrificar-se por eles. E que sobre o amor que se constroem servio e sacrifcio. Captulo 4 John acorda animado neste quarto dia de retiro, refletindo em quanto est sendo produtivo e o tanto que est gostando da experincia, mesmo que esteja a cada dia mais irritado com Greg, o sargento, pelo fato do mesmo discordar de tudo. Est cada dia mais entusiasmado com o grupo e especialmente com Simeo que conduz as aulas com seu jeito peculiar, tornando-as fascinantes.

Mas John estava certo de que um propsito maior o trouxe at ali, e estava determinado a se dedicar ao mximo para descobrir o que tinha a aprender de verdade com Simeo.

No encontro privado, monge e executivo debatem sobre crena e religiosidade. O executivo se considera um homem de pouca crena, mas o monge discorda e apresenta uma nova maneira de pensar, deixando-o refletindo a respeito.

No inicio da aula, Simeo relembra aos alunos que o tema ser o amor, e a sua ligao com autoridade, servio e sacrifcio. Debatem bastante sobre a palavra, e suas diferentes definies. Simeo usa seus exemplos na bblia explicando que na verdade a palavra empregada de diversas formas diferentes, com sentidos diferentes e que na escrita original em grego, so utilizadas palavras diferentes que na traduo todas significam amor.

Eles ento definem amor com diversas palavras como pacincia, bondade, respeito, perdo, entre outras. Buscam o significado de cada uma delas e com isso conseguem sintetizar a o sentido da palavra e como empreg-la em seu convvio pessoal e profissional.

Interesses relacionados.

HANDBOOK OF DIALYSIS DAUGIRDAS PDF

Resumo do livro O monge e o executivo

Ele tenta deixar bem claro que estava vivendo um momento insustentvel tanto em sua vida profissional, quanto pessoal e o caminho que escolheu era sua esperana de mudana. Ele segue narrando fatos que aconteceram durante sua vida at o momento, e, que misteriosamente se conectavam, explica como marcante a presena do nome Simeo em sua trajetria, o que justifica no fim do prlogo com a possibilidade de encontrar algum com esse nome. Aparentemente ele acredita que esse homem a resposta para suas questes, ou pelo menos algum que o ajudar a encontrar seu caminho. Ele descreve sua vida dando nfase no seu sucesso profissional, tem ntido orgulho de ter chegado aonde chegou e mais ainda da maneira que chegou. Apresenta afeio pela sua famlia e extremo zelo com o bem estar dos mesmos. Fala de cada um com muito carinho, mas com muito pesar pela m relao que tem mantido com os mesmos. Na verdade ele parece no perceber, mas nos transmite que, no est tendo boa relao em diferentes seguimentos da sua vida, talvez em tudo o que est ligado a relaes humanas no est indo bem pra ele.

KARL TERZAGHI BIOGRAFIA PDF

Resumo - O Monge e o Executivo

.

Related Articles