APOSTILA HP 12C PDF

Zulutaur HP 12 c — hp12cweighted In the HP12C each cash flow amount is stored in its corresponding register in memory. The weighted mean is a better reference for computing the actual average when purchasing gasoline in gas stations with different prices per gallon. Manual hp 12c manual da apositla hpc. How can the entries be checked to ensure they are correct? Any financial investment can be represented as an initial investment of money and a series of cash flows that occur in regular periods of time.

Author:Arajar Goltilmaran
Country:Russian Federation
Language:English (Spanish)
Genre:Technology
Published (Last):7 December 2014
Pages:309
PDF File Size:15.98 Mb
ePub File Size:6.87 Mb
ISBN:880-8-34731-714-8
Downloads:55347
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Shale



Como calcular a alquota do IOC. Cabral e contabilidade pela FGV e marketing pela FJP, desenvolveu toda uma abordagem especifica para transmitir os conceitos e aplicao prtica de matemtica financeira para equipes de venda de veculos, tendo treinado mais de vendedores de veculos.

Desenvolvemos um Esquema Padro para apresentar a utilizao da Calculadora HP12C na soluo dos problemas de Matemtica Financeira envolvendo os parmetros n, i, PV, PMT e FV, ou seja, os teclados financeiros para aplicao prtica da matemtica financeira no dia a dia da negociao de veiculos. Assim, quando o contedo da memria X transferido para a memria Y, temos: A memria Y passa a conter o valor anteriormente existente na memria X; A memria X continua com seu valor inalterado.

Acionando-se a tecla ENTER, desencadeia-se as seguintes transferncias de valores entre as memrias transitrias: a O contedo da memria X transferido para a memria Y, mas permanece na memria X; b O contedo da memria Y transferido para a memria Z; c O contedo da memria Z transferido para a memria T; d O contedo da memria T perdido.

Todos os contedos da pilha de memrias sobem um nvel, sendo que o contedo da ltima memria T perdido. Acionada a tecla ENTER, o valor inicialmente digitado no visor memria X passa a ser o contedo das memrias X e Y, onde so realizadas todas as operaes aritmticas. Assim, o acionamento dessa tecla por quatro vezes consecutivas permite conhecer os contedos das quatro memrias temporrias X, Y, Z, e T ao passarem pelo visor , e devolve a pilha de memria para a sua posio inicial.

As operaes aritmticas so efetuadas com as memrias X e Y, e o resultado colocado na memria X. Cada operao aritmtica faz os valores da pilha descerem um nvel. A ltima linha mostra os valores contidos no visor da calculadora e o resultado da expresso. Para realizarmos as funes amarela e azul de cada tecla, basta que as teclas amarelas f ou azul g sejam, respectivamente, acionadas imediatamente antes de pressionar a tecla desejada. Quando as teclas f e g so acionadas, o visor mostra as letras f e g, respectivamente, para indicar que essas teclas esto ativas, como prefixos para qualquer tecla que for acionada em seguida.

Se logo aps o acionamento de qualquer dessas duas teclas houver necessidade de eliminar sua atuao, basta acion-la novamente e observar que o visor deixou de apresentar os prefixos f ou g.

Exemplo: Usando a tecla azul g. A calculadora, entretanto, mantm internamente o resultado dessa diviso com um nmero de casa decimais bem superior. Se quisermos ver o resultado com quatro casas decimais, basta pressionar a tecla amarela f e, em seguida, o nmero 4, obtendo-se o nmero 0, no visor. A fixao do nmero de casas decimais no elimina o nmero de casas decimais utilizado internamente pela calculadora.

A operao realizada pela seguinte seqncia de teclas: 7 Copyright: Carlos Barreto O31 carlosjosebarreto hotmail. Entretanto, conforme mostrado anteriormente, a HP12C mantm internamente essa resposta com um nmero muito maior de casas decimais.

Vamos agora executar a funo RND acionando as teclas: f RND O visor continua indicando 2,67, entretanto, as demais foram transformadas em zeros.

Para isso ser confirmado, basta aumentar o nmero de casas decimais a serem mostradas no visor. Por exemplo, se acionarmos as teclas f e 4 o visor apresentar o nmero 2, Se quisermos voltar situao original, basta repetir a mesma seqncia de teclas. As datas podem ser informadas nas seqncias dia-ms-ano ou ms-dia-ano. Para entrar com as datas na forma dia-ms-ano preciso, previamente, executar a funo azul DMY, e essas letras so mostradas no visor.

Caso se queira entrar com as datas na forma ms-dia-ano necessrio, previamente, executar a funo azul MDY. Entrado com as datas na forma dia-ms-ano F G O nmero 3 no canto direito do visor indica que essa data cai numa 4 feira 2 feira o dia nmero 1. As operaes realizadas com a funo DYS e com a funo DATE levam em considerao o nmero exato de dias entre as duas datas de calendrio, inclusive o dia adicional do ms de fevereiro nos anos bissextos.

Essas memrias so indexadas de 0 a 9 e de 0 a Exemplo 1: Usando a tecla STO. A tecla tambm utilizada para chamar para o visor os valores contidos nas cinco memrias financeiras n, i, PV, PMT e FV , o que permite uma reviso de todos os parmetros usados na soluo dos problemas.

A tecla RCL, quando utilizada em conjunto com as funes CF0, CFj e Nj, permite a reviso dos valores dos fluxos de caixa no homogneos que esto registrados na calculadora. Usando a tecla RCL.

Y E T; Memrias fixas : 0 a 9 e. Funo amarela PRGM : limpa os programas que esto gravados na calculadora. Os valores de n podem ser nmeros inteiros ou fracionrios. Pela conveno de incio de perodo, os valores que ocorrem ao longo de cada perodo, devem ser representados no incio dos respectivos perodos.

Ela deve ser registrada com a colocao do nmero 8 na tecla correspondente taxa de juros i. Por exemplo, n pode ser registrado em anos, frao de ano, frao de ms etc. Isso pode ser confirmado no visor, que no deve estar mostrando a palavra BEGIN, ou seja, a primeira prestao no ser paga no ato do financiamento.

A clula em destaque indica que a tecla do parmetro sempre a ltima a ser acionada, provocando o clculo da operao desejada. Determinar a taxa de juros desse financiamento. Essa flexibilidade muito importante na questo de se fazer coincidir a unidade referencial de tempo dos perodos com a unidade referencial de tempo da taxa de juros. Para se operar com o valor de n fracionrio, indispensvel verificar se o visor da HP12C est mostrando ou no a letra C, pois o comportamento da calculadora diferente em cada caso.

Se a letra C estiver aparecendo no visor, a HPC realiza todas as operaes das cinco teclas financeiras no regime de juros compostos, tanto para os perodos da parte inteira de n, como para os perodos da parte fracionria de n.

Tendo em vista essas duas formas de operar, recomendado que a Calculadora HPC fique com a letra C sempre indicada em seu visor, para que ela opere sempre com juros compostos, independente do valor de n ser um nmero inteiro ou fracionrio. O Esquema Padro da HPC, definido anteriormente, assume que a calculadora est sempre atendendo a essa condio de ter a letra C indicada no visor.

Isso pode ser confirmado ao desdobrarmos o problema em duas partes. Numa operao de CDC ou outra modalidade de financiamento que envolve prestaes, cada prestao embute o pagamento de juros e amortizao de principal. Essa funo realiza o clculo do total de juros e amortizaes num intervalo entre duas prestaes e, ainda, obtm o valor do principal remanescente aps o pagamento de uma determinada prestao.

Em relao ao financiamento mencionado, determinar o valor de sua prestao mensal e elaborar uma tabela de sua amortizao, com o desdobramento das prestaes em amortizao e juros.

Em relao ao mesmo financiamento, determinar os totais pagos nos dois primeiros meses, a ttulo de juros e de amortizaes, e o principal remanescente no final do segundo ms, imediatamente aps o pagamento da segunda prestao. Em relao ao financiamento em questo, determinar os totais pagos nos 3 e 4 meses, a ttulo de juros e de amortizaes, e o principal remanescente no final do 4 ms imediatamente aps o pagamento da quarta prestao.

A Calculadora HPC considera os 3 e 4 meses como os meses seguintes aos dois primeiros meses de financiamento, que tiveram os totais de juros e amortizaes calculados pela funo AMORT no Exemplo 2.

No final dessas operaes, ao acionar as teclas RCL e n, obtm-se o nmero 4, indicando que j foram feitas quatro amortizaes do financiamento. Por essa razo a seqncia RCL PV fornece o valor do principal remanescente aps o pagamento da quarta prestao mensal. Em relao ao mesmo financiamento, determinar os totais pagos nos primeiros quatro meses, a ttulo de juros e amortizaes, e o principal remanescente no final do quarto ms, imediatamente aps pagamento da quarta prestao.

Essa equao pode ser facilmente resolvida com a HPC, conforme mostrado a seguir. Para realizar essa operao com a HPC, devemos, em primeiro lugar, reiniciar a soluo do problema, calculando novamente o valor da prestao mensal com o auxlio do Esquema Padro da HPC: Assim sendo, sem aprofundar os conceitos, iremos apenas mostrar o seu uso na calculadora. A Calculadora HPC dispe das seguintes funes especiais para tratar fluxos de caixa no homogneos, com at 20 parcelas desiguais.

Esse valor guardado na memria fixa 0 da calculadora. CFj - Serve para registrar os valores das parcelas individuais do fluxo de caixa cash flow colocadas nos diversos pontos j, em ordem seqencial. Esses valores so guardados nas memrias fixas de 1 a 9 e de. Nj Serve para registrar o nmero de parcelas individuais CFj de mesmo valor e repetidas seqencialmente.

Cada valor de Nj pode ser no mximo igual a Exemplos Numricos Os exemplos numricos deste item so assim desenvolvidos: 1. Indicar as operaes para rever e alterar os valores iniciais do fluxo de caixa da Tabela que tiveram seus valores registrados na HPC com o auxlio da funo Nj, Soluo: a Reviso e alterao dos valores do fluxo de caixa, com as funes RCL e STO 21 Copyright: Carlos Barreto O31 carlosjosebarreto hotmail. O importante identificar o nmero da memria que contm o valor a ser alterado, indicado na Tabela A7.

No existe frmula de prever todos os problemas que podem surgir ou todas as alternativas a serem criadas, mas um alicerce slido de alguns conceitos ajuda muito a resolver os problemas de Matemtica Financeira e a no cometer erros. A menos que seja um problema j usual, gaste um pouco de tempo para analisar os dados que tem disponveis e tambm para pensar sobre qual a informao est buscando.

A maioria dos problemas exige interao de respostas, ou seja, primeiramente busco o resultado de um clculo para em seguida se chegar na resposta procurada.

Toda a situao que envolve dinheiro recebimentos e pagamentos passvel de uma anlise luz da Matemtica Financeira, e podem ser traduzidos na forma de fluxo de caixa. Exemplo : Um cliente compra um automvel, paga uma entrada sada de caixa e financia um CDC de 36 meses cada prestao sada de caixa , momento em que este cliente vende o veculo entrada de caixa Em muitos problemas, para melhor entendimento de toda a histria financeira que est sendo apresentada ou solicitada, necessrio visualizar o problema de uma forma grfica, ou seja, montar um fluxo de caixa.

Este procedimento nos ajuda a resolver as questes apresentadas. Todo o raciocnio da Matemtica Financeira est alicerado no conceito do valor do dinheiro no tempo, que, por sua vez, est interligado existncia da taxa de juros.

Na minha experincia, como professor de Matemtica Financeira, tem sido notado que a maioria dos erros de clculo se d pela falta de conhecimento destes conceitos bsicos.

Por este motivo, este ser assunto de todo um captulo. Na Calculadora HPC, trabalha na condio de uma unidade referencial de tempo? Coincidindo a taxa de juros com a unidade referencial de tempo dos perodos de capitalizao. Entretanto, nos problemas prticos, as taxas de juros e os perodos de capitalizao nem sempre satisfazem essas condies. Neste captulo vamos mostrar como as taxas de juros so informadas no mercado e como adequ-las s condies padronizadas pela HPC, Taxa efetiva a taxa de juros em que a unidade referencial de seu tempo coincide com a unidade de tempo dos perodos de capitalizao.

A taxa efetiva utilizada nas calculadoras financeiras, nas funes financeiras das planilhas eletrnicas e nos fatores das Tabelas Financeiras. Assim, a diferena entre taxas equivalentes e taxas proporcionais se prende exclusivamente ao regime de juros considerado.

As taxas proporcionais se baseiam em juros simples, e as taxas equivalentes se baseiam em juros compostos. Como podemos perceber neste problema, buscamos uma prestao mensal, mas a taxa fornecida anual. Esta basicamente a regra prtica para calcular equivalncia de taxas Cabe observar que uma das dificuldades dos alunos estabelecer qual o N perodo correto para executar os clculos acima.

Embora esta resposta surja com a prtica, uma pergunta deve ser feita pelo aluno. Convm observar que os clculos foram realizados no regime de juros compostos e que, nos trs casos, o principal e o prazo foram os mesmos. A taxa nominal sempre fornecida em termos anuais e os perodos de capitalizao podem ser semestrais, trimestrais, mensais ou dirios.

Toda taxa nominal traz em seu enunciado uma taxa efetiva implcita, que a taxa de juros a ser aplicada em cada perodo de capitalizao.. Conforme podemos observar, a taxa efetiva implcita de uma taxa nominal anual sempre obtida no regime de juros simples. A taxa anual equivalente a essa taxa efetiva implcita sempre maior que a taxa nominal que lhe deu origem, pois essa equivalncia sempre feita no regime de juros compostos.

Essa taxa anual equivalente ser tanto maior quanto maior for o nmero de perodos de capitalizao da taxa nominal. Por outro lado, denomina-se taxa lquida de uma aplicao financeira a taxa de juros obtida considerando o valor da aplicao e o valor do resgate lquido, j levando em considerao o desconto do Imposto de Renda,IOF, e CPMF, que retido pela instituio financeira.

Assim, a taxa bruta sempre maior do que a taxa lquida. Costumase denominar taxa real a taxa de juros obtida aps se eliminar o efeito da inflao, e taxa nominal a taxa de juros que inclui a inflao.

AKIWUMI REPORT PDF

Apostila HP12C

Nanris HP 12 c — hp12cbonds After all corrections, set n to its original value and press fl. The weighted mean is a better reference for computing the actual average when purchasing gasoline in gas stations with different prices per gallon. HP 12 c — hp12cweighted Alan row Enviado por: Figure 17 To modify a wrongly entered Nj, it is necessary to change the value stored in register n. The collected data set must be typed in prior to using any statistics features available in the HP12C because all statistics functions use values produced during the summations. For each cash flow amount there is a related register to store the number of consecutive occurrences of this amount.

HDSP 7501 PDF

Apostila - HP 12C

Akinokora The next cash flow amount occurs three times in a sequence, so it can be entered as a grouped cash flow. The investment is considered attractive if the calculated net present value is positive for a given interest rate. Cash flow analysis is an extension of the basic TVM concepts applied to compound interest problems when payments occur in regular periods and do not have the same value. HP 12 c — hp12cweighted The table below summarizes the relation between final price and number of sold units. TVM register n is used as an index to control CF operations. What is the correct keystroke sequence to fill the HP12C registers with aposttila data?

ETNIK ROHINGYA PDF

APOSTILA.HP12C.BARRETO

Anlise de nvestimentos pode ser definida como um conjunto de tcnicas que permitem a comparao entre os resultados de tomadas de decises referentes a alternativas distintas, de uma maneira cientfica. Nessas comparaes, as diferenas que marcam as alternativas devem ser expressas tanto quanto possvel em termos quantitativos valor, prazos, taxas, etc. Para se expressar em termos quantitativos as diferenas entre as alternativas em uma tomada de decises usada basicamente a ferramenta chamada Matemtica Financeira. Nesse sentido que muitos autores consideram que a Engenharia Econmica , em boa parte, uma aplicao das tcnicas de Matemtica Financeira nos problemas de tomada de decises, envolvendo anlise de investimentos, substituies de equipamentos, e mesmo o estudo da depreciao. Finalizando, acrescente-se que na tomada de deciso a alternativa escolhida deve ser sempre a mais econmica, aps a verificao de que todas as variveis que influem no sistema foram convenientemente consideradas. S se pode comparar alternativas homogneas.

Related Articles